Aedes aegypti: baixas temperaturas auxiliam no combate ao mosquito

por Equipe Sulmed, 2017-06-07

Aedes aegypti: baixas temperaturas auxiliam no combate ao mosquito

Com a chegada das baixas temperaturas o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, pode ter seu combate reforçado. Um dos motivos é que proliferar com mais intensidade durante as estações mais quentes do ano. Por isso, outono e inverno devem ser épocas para intensificar os cuidados e eliminar os focos de proliferação, já pensando nos próximos meses.

O ciclo de vida do mosquito compreende quatro fases - ovo, larva, pupa e adulto - e, segundo os pesquisadores, é no primeiro estágio que reside uma das principais razões de sucesso do inseto. O ovo do Aedes aegypti é extremamente resistente, podendo durar por mais de um ano, quando as condições são desfavoráveis. Os ovos podem eclodir em minutos quando imersos em água. A falta dela, entretanto, não representa a quebra desse ciclo de vida, uma vez que os ovos permanecem viáveis durante semanas, meses, podendo chegar a mais de 400 dias.

Eliminar os criadouros é uma das formas mais eficazes de combate. Além da vedação dos reservatórios de água, limpar as calhas, remover os pratinhos dos vasos de plantas, bem como a manter garrafas, latas e outros recipientes virados para baixo de forma que não acumulem água são fundamentais. Cuidados especiais também devem ser tomados com locais de reprodução menos óbvios, como ralos em locais pouco usados, bandejas atrás de refrigeradores e outros espaços do ambiente doméstico pouco utilizados.

O mosquito é o principal transmissor de doenças como dengue, chikungunya e o vírus zika. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada. Caso observe sintomas como manchas vermelhas na pele, olhos avermelhados ou febre, busque um serviço de saúde para atendimento.

Fonte: Fundação Oswaldo Cruz e ANS

0 comentários para o post "Aedes aegypti: baixas temperaturas auxiliam no combate ao mosquito"

Comente