Dermatite atópica: entenda como doença se manifesta

por Equipe Sulmed, 2018-09-19

Crônica, hereditária e não contagiosa, a dermatite atópica é uma doença de pele que atinge cerca de 25% das crianças e 7% dos adultos brasileiros. É caracterizada pelo surgimento de erupções que coçam e apresentam crostas, que aparecem com frequência nas dobras do corpo, como pescoço, cotovelo e atrás do joelho, áreas mais espessas e secas.

Segundo informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a doença pode apresentar outras características como esfoliações causadas por coceira, alterações na cor, vermelhidão ou inflamação da pele, que também podem surgir após irritações prolongadas, gerando eczemas.

A dermatite atópica pode acometer todas as faixas etárias, mas se manifesta de formas diferentes em relação à idade: nas crianças, as lesões geralmente aparecem depois dos seis meses de idade e atinge as bochechas, que ficam vermelhas e descascando, e partes dos joelhos e cotovelos. Já no caso dos adultos, os machucados são vermelhos, coçam e soltam líquidos. Eles surgem mais nas dobras do pescoço, cotovelos e joelhos.

As crises provocadas pela doença podem ter fatores variados e variam de pessoa para pessoa. Alguns dos motivos incluem contato com materiais ásperos, poeira, detergentes, produtos de limpeza em geral, roupas de lã e tecido sintético. Temperaturas extremas ou mudanças bruscas de temperatura, infecções, alguns alimentos e estresse são outros gatilhos para as crises alérgicas.

O tratamento da doença visa melhorar os sintomas que interferem diretamente na qualidade de vida do paciente e no controle da coceira, a redução da inflamação da pele e a prevenção das recorrências. Sempre procure um médico para saber qual é o melhor tratamento para o seu caso. 

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia

 

0 comentários para o post "Dermatite atópica: entenda como doença se manifesta"

Comente