Entenda como evitar as doenças de pele comuns no verão

por Equipe Sulmed, 2018-01-17

Basta começar a temporada de temperaturas mais elevadas para a exposição solar aumentar. As atividades ao ar livre, as idas à praia e piscina são privilegiadas, assim, a pele também recebe mais incidência de raios de luz solar. Mas esta também é a época em que problemas de pele como brotoejas, micoses, herpes labial e outras surgem com maior frequência.

Entre as recomendações do Ministério da Saúde para evitar que estes problemas atrapalhem a estação mais quente do ano, estão secar bem o corpo após o banho, com cuidado especial para as áreas de dobras, como virilha e axilas. Se a opção de diversão for a piscina, sempre calçar os chinelos e não andar descalço no chão úmido. Além disso, usar roupas leves e calçados abertos em dias quentes, evitando abafar os pés. Isso vale também para as crianças e bebês.

A acne tende a aumentar com a exposição solar, por isso, o ideal é usar sabonetes e filtro solar, com base aquosa ou gel, adequados ao tipo de pele, para evitar que a sudorese e oleosidade excessiva desencadeiem a acne solar.

Os cuidados com a exposição solar não podem ser esquecidos, pois o principal fator de risco relacionado ao câncer de pele é a longa exposição aos raios solares. O uso de medidas de fotoproteção é importante para prevenir o câncer de pele e deve ser um hábito diário em qualquer estação do ano. O excesso de sol também aumenta as chances de manchas na pele como o melasma e as "sardas brancas".

É fundamental usar protetor solar, mesmo na cidade, e evitar o sol entre 10 e 16 horas. O produto escolhido deve proteger contra os raios UVA e UVB, adequado à faixa etária e às características individuais de cada pele. Deve ser aplicado 30 minutos antes de sair ao ar livre e reaplicado a cada duas horas. E antes disso, caso haja sudorese excessiva ou imersão em água. Para uma proteção extra, também existe filtro solar labial. É importante também consultar com dermatologista para mais recomendações e avaliação.

Fonte: Blog Saúde – Ministério da Saúde

0 comentários para o post "Entenda como evitar as doenças de pele comuns no verão"

Comente