Novembro é mês dedicado à saúde masculina

por Equipe Sulmed, 2018-11-13

Depois do Outubro Rosa, campanha que tem entre seus objetivos a prevenção e diagnóstico do câncer de mama, o Novembro Azul busca conscientizar sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, além de lembrar aos homens que cuidar da saúde é fundamental.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma), considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum. Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), estima-se que em 2018 surjam 68.220 novos casos da doença.

Como o câncer de próstata é normalmente detectado inicialmente pelos exames de nível de PSA no sangue e pelo toque retal, é fundamental que estes estejam em dia. Além disso, na fase inicial, a doença não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. 

 Assim, a maneira mais próxima de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal. 

 

Fonte: Blog da Saúde/ INCA

0 comentários para o post "Novembro é mês dedicado à saúde masculina"

Comente