Abril Verde: o que a empresa pode fazer para cuidar do colaborador?

No Brasil, seis a cada 100 mil colaboradores formais morrem por acidentes de trabalho – segundo pesquisa realizada pelo Ministério Público entre os anos de 2012 e 2020. No mundo todo, a cada 15 segundos, um colaborador é levado a óbito pelo mesmo motivo. Quando se fala em saúde mental, o número de funcionários afetados sobe ainda mais: a depressão está em quarto lugar entre as doenças que mais incapacitam os brasileiros, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Sabe-se que a saúde e a segurança são direitos do trabalhador e deveres inerentes ao empregador. Assim, garantir que a empresa supra essas necessidades é cuidar de todo o ecossistema no local de trabalho. Os benefícios de se responsabilizar pelo conforto do trabalhador não envolvem somente a preservação das saúdes física e mental do indivíduo, também estão inclusos nesse pacote maior produtividade, eficiência, boa convivência, entre outros fatores essenciais para o bom andamento de um negócio.

Ao levar em consideração esses e outros aspectos relacionados ao bem-estar dos trabalhadores, foi instituído no Brasil, em 2005, o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho – no dia 28 de abril. A data foi criada em memória às vítimas da explosão de uma mina na cidade de Farmington, no estado da Virgínia (EUA). Além disso, o Abril Verde também está ligado à criação da OMS, em 1948 — organização que tem como função regular, prevenir e fiscalizar aspectos relacionados à saúde global.

Por isso, a palavra do mês é prevenção! E a melhor maneira de prevenir acidentes de trabalho e doenças ocupacionais é dar voz às necessidades dos colaboradores. Seja em relação aos perigos do cotidiano, ao uso de equipamentos de segurança, ao local adequado para exercer a função, à saúde mental e à saúde física – eles são sempre os melhores porta-vozes para comunicar suas próprias demandas e urgências.

Assim, a Sulmed criou uma lista com 4 itens para assegurar que os colaboradores da empresa estão sendo bem-cuidados:

1.  A empresa segue à risca as normas do setor.

Todo setor possui cartilhas, leis e instruções bem definidas quanto à segurança no trabalho. Por exemplo, sabe-se que os colaboradores da área da construção precisam utilizar equipamentos de proteção individual, como capacete de segurança, óculos e luvas de proteção, etc. Já os trabalhadores da indústria, precisam utilizar sapatos especiais para proteger os pés. Aqueles que trabalham em escritórios, necessitam de cadeiras com a ergonomia correta.

Portanto, é necessário atentar-se não somente às necessidades dos funcionários, mas também às leis e deveres dos empregadores quanto à esses equipamentos de uso diário. A melhor forma de manter-se informado é buscar os órgãos reguladores do setor e dar uma olhadinha nas cartilhas sempre que possível.

2. O setor de Recursos Humanos possui iniciativas para ouvir os funcionários.

A comunicação clara e eficaz é uma necessidade primordial do ser humano. Em uma empresa, os colaboradores passam horas e horas com seus gestores, colegas de trabalho e companheiros de empresa. Assim, nada mais justo do que ter o poder de fala e de diálogo entre as partes.

Empresas que ouvem e acatam as necessidades dos seus colaboradores tendem a ter relações trabalhistas mais eficientes e garantem maior disposição dos indivíduos na hora dos afazeres do cotidiano. E nada melhor do que saber das necessidades e sentimentos de alguém do que perguntando a ele ou ela, certo?

3. O empregador fornece tudo o que o colaborador precisa para trabalhar:

Desde equipamentos como cadeiras confortáveis, computadores em boas condições de funcionamento, equipamentos de proteção individual de boa qualidade, produtos de limpeza à disposição quando necessário, ambientes bem arejados e limpos – entre outros aspectos que assegurem boas condições de trabalho.

Todos esses fatores, desde os mais graves até os mais simples, garantem o bem-estar do colaborador e previnem possíveis acidentes em decorrência de atividades recorrentes.

4. A empresa oferece plano de saúde para os colaboradores.

Dentre os benefícios de se oferecer um plano de saúde aos funcionários, estão questões como seguridade trabalhista, prevenção em caso de doenças graves, segurança do trabalhador para realizar suas tarefas, valorização do indivíduo e de sua vida, manutenção do rendimento, entre outros fatores.

Quando se está seguro e com todo o suporte necessário para exercer suas funções no trabalho, torna-se muito mais prático e simples um bom relacionamento com colegas e gestores, maior satisfação nas horas dentro da empresa e consequente aumento na produtividade.

De segurança e saúde, a Sulmed entende! Conheça os planos disponíveis para a sua empresa: Clique aqui

E nesse Abril Verde, dê aos colaboradores do seu negócio as melhores oportunidades para seguir produtivo e satisfeito no trabalho.

whats